19 2138-2525 Fale Conosco

Datastore é destaque em matéria de capa da Revista Secovi São Paulo

Capa de Revista Secovi SP

Revista Secovi de São Paulo evidencia dados apontados pela Datastore do novo cenário imobiliário

 

Enquanto o país ensaia uma recuperação do cenário econômico, que pode clarear o caminho para novos investimentos, as empresas do setor imobiliário devem estar atentas às mudanças no estilo de vida dos consumidores que, além de transformarem as tendências para o lançamento de novos empreendimentos, influenciarão diretamente nos negócios dos loteadores ao longo dos próximos anos. O assunto ganhou destaque de capa da Revista Secovi-SP, que acaba de ser publicada, em uma extensa matéria recheada de dados e a opinião de grandes influenciadores da área, incluindo Marcus Araújo, presidente da Datastore.

Na reportagem, Araújo destaca que a população brasileira já não é mais a mesma e que as estruturas familiares estão mudando, devido a maior presença da mulher no mercado de trabalho, uma maior expressão da individualidade das pessoas, a diminuição do número dos membros das famílias e o advento do mundo digital. Essas mudanças culturais estão impactando na redução das áreas de convivência coletiva dos imóveis. Para se ter uma ideia, houve um tempo em que era comum a venda lotes com 600 m², mas na nova escala de loteamentos, a média para alto padrão tende a ficar em 420 m², a de médio em 320 m² e os mais econômicos na casa dos 200 m² ou menos.

Além disso, os empreendedores devem levar em consideração a mudança em parâmetros comportamentais como o adiamento do casamento e o retardamento da maternidade. Atualmente, as mulheres estão casando entre 32 e 34 anos e os homens entre 36 e 38 anos, sendo comum casais na faixa dos 40 anos com crianças. Também existe um movimento de pessoas na casa dos 50 anos que passam a apostar na maior qualidade de vida, com atividades físicas regulares e ao ar livre. O tamanho dos núcleos familiares também mudou: Em São Paulo, por exemplo está na casa de 3,4 pessoas em média, na região Sul, as famílias são compostas por 2,9 e em estados como o Piauí, fica em 4,1 membros.

Por fim, ainda há a previsão de que seja lançada uma linha de financiamento da Caixa Econômica Federal que pode ajudar a aquecer os negócios. A Datastore acredita que se os empreendedores começarem seu planejamento a partir de agora, com base nas novas tendências de consumo que estão despontando, a chance de sucesso será grande na hora que a recuperação chegar!

Faça o seu melhor com Datastore.