19 2138-2525 Fale Conosco

Marcus Araujo é palestrante do Encontro Secovi do Mercado Imobiliário em Bauru

Mais de 250 pessoas – entre representantes de construtoras, incorporadoras, loteadoras e imobiliárias – participaram do evento para analisar as novas realidades de mercado e traça planejamentos inovadores para reaquecer setor.

A expectativa positiva de retomada do mercado imobiliário do interior de São Paulo já movimenta a cadeia produtiva para estimular o consumo do produto imobiliário. Assim, o fundador da Datastore, Marcus Araujo, integrou o time de palestrantes do Encontro Secovi do Mercado Imobiliário de Bauru e Região, promovido pela regional do Sindicato da Habitação de São Paulo, na sede da OAB-Bauru.

Mais de 250 pessoas – entre representantes de construtoras, incorporadoras, loteadoras e imobiliárias – participaram do evento para analisar as novas realidades de mercado e traça planejamentos inovadores para reaquecer setor.

Um estudo feito pela entidade apontou que 91% dos lançamentos em 2017 foram de empreendimentos econômicos, principalmente do programa do governo federal Minha Casa Minha Vida.

De acordo com Marcus Araujo, que também é especialista em inteligência de mercado, o consumidor de produto imobiliário tradicional também mudou e frisa o papel da mulher nesta mudança de demanda.

“Os costumes são outros. A mulher agora trabalha fora e, em muitos casos, é a chefe da família, detendo o poder econômico. Com um número menor de filhos, famílias exigem menos itens das áreas de lazer e desejam ambientes mais sofisticados e aconchegantes”, avalia o presidente da Datastore.

Para os representantes do Secovi São Paulo, o momento é de compra.

Durante abertura do evento, o presidente do Sindicato da Habitação, Flávio Amary, frisou que dados do estudo apontam para o momento de compra, reforçados pelas novas medidas econômicas que facilitam as condições bancárias de aquisição de imóveis.

Já o diretor regional do Secovi-SP, Riad Elia Said, os novos cenários urbanos devem estimular o segmento.

“Para a cidade, a expectativa de crescimento está sendo impulsionada pelo maior acesso ao crédito imobiliário devido à redução nas taxas de juros e pela chegada de dois novos cursos de medicina, que elevaram a demanda na região”, explica Said.

O desenvolvimento equilibrado da cadeia imobiliária também foi tema debatido durante o encontro. O ex-secretário do Meio Ambiente do Estado, Ricardo Salles, palestrou sobre a necessidade da construção consciente, atendendo à demanda populacional sem agredir o meio ambiente.

Confira os melhores momentos:

  

 

Pesquisa Datastore, a única com sucessometria.