Mercadometria

Conceito

 

A Mercadometria é uma moderna ferramenta de gestão de mercados conceituada e introduzida no Brasil pela Datastore.

Para desenvolvê-la e utilizá-la, combinamos as melhores técnicas de levantamento e análise de dados com ferramentas de negócios de modo a gerar as ações estratégicas comprometidas com o melhor desempenho para nossos clientes.

Os objetivos práticos de um projeto de Mercadometria Datastore são:

Desenvolver e aplicar, por meio do Centro Técnico Datastore (CTD), as perguntas capazes de obter, diretamente do público potencial do negócio, as informações estratégicas que possam revelar o conhecimento e entendimento de suas expectativas;

Organizar e analisar as informações obtidas por meio das melhores técnicas de análise de mercado disponíveis;

Emitir e fundamentar as diretrizes estratégicas para orientar todas as ações destinadas ao melhor desempenho do negócio (produto, serviço, marca, carreira)  já existente ou a ser lançado, além de orientar visando a aprimorar o relacionamento com os clientes e, por conseguinte, sua satisfação.

A Mercadometria da Datastore possui fortes e amplas conexões com aplicações práticas nos negócios; portanto, desenvolvemos projetos com começo, meio e fim – e o fim são melhores resultados, clientes mais satisfeitos e investimentos certeiros em marketing, eliminando possíveis desperdícios de verba ou até mesmo ampliando os investimentos nessas áreas, caso a oportunidade de negócios permita um retorno maior.

Já comprovamos não há limites para a aplicação desta ferramenta, pois em praticamente todo tipo de negócio há a possibilidade de se equacionar os investimentos em marketing e propaganda para se obter melhores resultados de vendas, desde que haja um instrumento preciso de informações para se tomar as melhores decisões e desenvolver as melhores ações.

Aplicações

As aplicações da Mercadometria Datastore são poderosas e amplas, e podem ser aplicadas a qualquer tipo de negócio. Descrevemos a seguir algumas situações práticas de aplicações:

Mensurar e avaliar a demanda por produtos ou serviços, existentes ou em fase de desenvolvimento ou lançamento, voltados para o consumidor, a fim de delinear ações que visem a um melhor desempenho de lançamento ou de reposicionamento, muitas vezes reduzindo investimentos.

Identificar o perfil completo dos consumidores – sexo, faixa etária, grau escolar, classe social, freqüência de compra, condições financeiras, formas de pagamento mais utilizadas – e identificação do melhor discurso para maximizar os resultados de campanhas publicitárias para cada perfil de cliente.

Identificar as características mais apreciadas ou exigidas em produtos ou serviços, tais como: aspectos da embalagem, do atendimento de vendas, do rótulo, do material de apresentação (gráfico ou eletrônico), com vistas a orientar a ênfase da comunicação e do treinamento de vendas para os diferenciais que determinem vendas mais eficientes, sejam eles uma frase de efeito para o material gráfico ou para as equipes de vendas do contratante, cores, formato, material da embalagem, um banner eletrônico num portal de informações, entre outros.

No caso do varejo, obter informações sobre freqüência e retorno às lojas, a fim de promover ações que estabeleçam a fidelização de clientes, avaliar comparativamente a estrutura das lojas do contratante e a dos seus principais concorrentes, incluindo atendimento, estacionamento, segurança, preços, promoções, descontos, ambiente das lojas, qualidade dos produtos ou serviços e atendimento, entre outros itens.

Avaliar e emitir diretrizes importantes para o aperfeiçoamento de processos decisivos do nosso cliente, tais como prazos de entrega, agilidade e prontidão na resolução de problemas com o mercado comprador, imagem em relação à capacidade de atendimento, à contratação ou compra de grandes volumes de serviços ou produtos, à adequação de prazos entre a agilidade que o mercado deseja e o que o mercado fornecedor oferece, atendimento telefônico no contratante, freqüência e qualidade das visitas dos contatos de atendimento do contratante, contato administrativo, faturas, cobranças e contratos, relação custo-benefício dos produtos ou serviços comercializados, desempenho do contato técnico do contratante, preços cobrados pelo contratante em comparação aos preços gerais do mercado, bem como o nível de relacionamento com a diretoria do contratante, comunicação via internet, e-mail ou site com o contratante.

Teste completo de marcas, de produtos ou de negócios, incluindo: grau de conhecimento, memorização e valorização das marcas por parte do público, pontos fortes e fracos associados às marcas e motivos de preferência das marcas do contratante e grau de fidelização a elas, bem como das marcas dos concorrentes.

Identificar os melhores canais de mídia e argumentos para conteúdo das peças publicitárias a fim de atingir diretamente o público comprador do produto ou serviço, tais como: canais, horários e programas de TV; canais, horários e programas de rádio FM e AM; melhores ruas e avenidas para placas, outdoor e busdoor, revistas e jornais (incluindo os melhores cadernos), jornais de bairro e internet (sites e portais regionais e provedores mais freqüentados).

Além de medir a influência da mala-direta e de e-mails visando à elaboração das melhores estratégias para tornar a comunicação com o mercado do contratante mais eficiente e atraente, tanto na argumentação quanto no volume de anúncios e nos meios e veículos de mídia.